Notícias - 17/05/2021

18 de maio, Dia Nacional da Luta Antimanicomial

No Brasil, o dia 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional da Luta Antimanicomial. Trata-se de uma homenagem à luta dos profissionais da saúde por um tratamento mais humano aos usuários do sistema de saúde mental.

A data se propõe a refletir e discutir sobre a loucura e tornar pública a luta pelos direitos das pessoas em sofrimento mental e, principalmente, por métodos de tratamentos de forma mais humanizada e não institucionalizada, zelando pelo bem-estar destes indivíduos e também de seus familiares envolvidos no processo.

O objetivo principal do movimento é dar fim às instituições manicomiais e dar voz ao desenvolvimento de serviços de saúde abertos, como o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), para além dos muros de hospícios e manicômios no qual se isolavam, de toda a sociedade, os indivíduos que eram considerados “loucos”, como corpos sem palavras e sem direitos.

Pessoas com depressão, alcoolismo, mulheres e todos aqueles que, de alguma forma não se adequavam aos padrões impostos pela sociedade e ditos como “anormais“, eram internados nessas instituições, se tornando ocultos e invisíveis.

Em Encantado, o CAPS A Casa, desde 2009, tem buscado realizar um atendimento mais humanizado e próximo à comunidade para os cidadãos com sofrimentos mentais. Uma equipe multidisciplinar, por meio de diversas atividades, busca promover o cuidado integral à saúde mental da comunidade encantadense. 

O dia 18 de maio se torna significativo e faz lembrar que as pessoas com transtornos mentais têm o direito à liberdade e, principalmente, o direito de viver em sociedade, recebendo os cuidados e os tratamentos adequados, sendo valorizadas como qualquer outro cidadão.