Notícias - 05/04/2018

Obras e integração com as comunidades reforçam o projeto de Educação de Encantado

Clique para ampliar
Emeis receberam ampliações e reformas
Capacitações, envolvimento dos pais e das famílias, reformas e ampliação de escolas visam transformar Encantado na “Cidade do Saber”
 
O GRANDE PROJETO – Gestor, professor, aluno, jovem e criança, família. Estes agentes compõe o pilar de sustentação do grande projeto da Secretaria de Educação e Cultura, para o município de Encantado. De acordo com a secretária, Neide Maria Graciola, todos precisam fazer parte deste tripé, com pertencimento.

Os projetos da Educação, Um Novo Tempo começam com a formação de professores, abrangendo as diferentes áreas de estudo. As capacitações têm o objetivo de inovar e renovar as metodologias de ensino e aprendizagem. Novas formações estão previstas, com o intuito de avançar na proposta.

Trabalhar continuamente com os gestores das escolas e suas equipes, para que seja garantido o acesso, a permanência e o sucesso das crianças e jovens. “Por meio de metodologias inovadoras, criativas e concretas, atingimos a essência da aprendizagem. Ler, compreender e pensar são os ingredientes indispensáveis para um futuro promissor do sujeito, como pessoa e trabalhador”, reforça a secretária.
 
Melhorias estruturais
Para viabilizar o projeto de Educação para Encantado, buscando atingir a meta de a cidade ser reconhecida como “A Cidade do Saber”, várias ações de capacitação e reforma nas Escolas Municipais de Educação Infantil foram realizadas. 
Emei Menino Trabalhador: reforma geral com ampliação
Emei Santa Clara: reforma com ampliação
Emei Navegantes: reforma com ampliação
Emei Planalto: reforma e ampliação
Emei Lajeadinho: reforma e pintura
Emei Pingo de Gente: Na próxima semana, será iniciada a reforma e a ampliação
 
Conforme a secretária, todas as escolas que tiveram necessidades elencadas para melhor atender a clientela, serão atendidas, conforme cronograma de prioridades. Ela ressalta que, dentre as melhorias e avanços da Educação, consta a criação da Emei Ciranda Porto XV, para atender as crianças deste bairro. “Encantado ultrapassa a média nacional na questão das crianças de Educação Infantil frequentando a escola; pois temos 90% das crianças nas nossas escolas”, frisa.
 
Zoneamento 2018
Sobre o zoneamento escolar, a secretária destaca que é um processo trabalhoso e de forte conscientização da população. “Com certeza este projeto também visa avançar na Educação.”
 
Outros avanços
- Projeto em parcerias com o Sicredi, como o programa “A União faz a Vida”, com a ONG Parceiros Voluntários, como o programa “Tribos nas Trilhas da Cidadania”, e com o Ministério Público Federal, sobre cuidados com os crimes cibernéticos. “Todos envolvendo as escolas”, reforça.
 
Recursos conquistados e empenhados
A Educação de Encantado conquistou, em 2017, R$ 358 mil, enviado pelo Ministério da Educação para abrir e equipar a Emei Ciranda Porto XV. Mais de R$ 350 mil estão empenhados para auxiliar o município a comprar cinco ônibus escolares, para atender a demanda. O orçamento ultrapassa R$ 1 milhão.
 
Em 2018, Encantado já foi contemplado com R$ 168 mil para mobiliar a escola 12 salas e outras escolas do município. R$ 200 mil está aprovado para adquirir equipamentos e utensílios de cozinha, também para a escola 12 salas e outras.

Estão em análise, junto ao Ministério, mais de R$ 3,3 milhões, que irão atender a sete projetos criados pela Secretaria de Educação e Cultura. Entre eles, a realização de novas capacitações para os profissionais da área, novas ampliações de escolas, aquisição de equipamentos tecnológicos, de instrumentos musicais e a conclusão da Escola 12 Salas, cuja inauguração está prevista para o segundo semestre deste ano.
 

Fotos: Cris Costa
Texto: Lívia Ozelame
 
 

Confira mais fotos