Notícias - 07/11/2017

Câmara realiza Audiência Pública sobre transporte escolar

Clique para ampliar
Vereadores Moacir Tramontini (PTB) e Marino Deves (PP), secretária Neide Graciola e prefeito Adroaldo Conzatti
Na tarde da última segunda-feira (6) foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores uma Audiência Pública sobre o transporte escolar e o zoneamento que será implantado em Encantado no próximo ano. A reunião, conduzida pelo vereador Marino Deves (PP) e o vereador Moacir Tramontini (PTB), contou com a presença dos demais vereadores, secretários, diretores, professores. O prefeito Adroaldo Conzatti e o vice-prefeito Enoir Cardoso também estavam presentes.

Atendendo o convite, a secretária da Educação e Cultura Neide Graciola, falou sobre o Projeto de Lei N° 94/2017, de 29 de setembro de 2017, que “Institui o serviço de Transporte Escolar para os alunos da Rede Municipal de Ensino” que se encontra na Câmara, que trata das alterações no transporte escolar e o zoneamento que será implantado no próximo ano.

“Quando o prefeito me falou do projeto, eu fiquei assustada, assim como muitos pais e as escolas também, mas depois, entendendo e observando detalhes da proposta eu pude ver que com essa redução que será mais do que 50% do valor do transporte, o qual será investido na educação, então entendi e aprovei a ideia. Este recurso será investido nas escolas de turno integral e nas escolas que terão oficinas no turno inverso, com aulas de inglês, italiano e música e projetos que contemplam valores e aprendizagens para a vida”, destaca a secretária.

O prefeito Adroaldo Conzatti também falou sobre o projeto.

Hoje temos transporte de bairros para outro bairro, no qual o aluno e os pais acabam perdendo o vínculo com as pessoas do seu bairro, um exemplo é a Escola Heitor Peretti, que fechou por falta de alunos que iam estudar em outro bairro. Com o zoneamento as crianças vão ficar mais perto da escola, não vão precisar acordar tão cedo para se deslocar. Esse projeto é altamente positivo, vamos gastar menos com transporte, isso não quer dizer que teremos economia, esse dinheiro será investido na educação, pois as crianças ficarão mais tempo dentro das escolas, vai precisar mais refeições, mais monitores, uma estrutura maior para as escolas, melhorando cada vez mais nossa educação. Não vamos tirar o transporte de alunos que moram no interior, localidades que não tem escola haverá transporte. Ninguém está proibido de estudar na escola que deseja, mas o transporte será de responsabilidade dos pais. Sabemos o que estamos fazendo, em 10 anos o município de Encantado será destaque nacional em educação”, acrescenta o prefeito.

O projeto que Institui o serviço de Transporte Escolar para os alunos da Rede Municipal de Ensino segue tramitando na Câmara de Vereadores.

Secretários, professores e diretores prestigiaram a audiência

 
Fotos: Cris Costa